Início

35 Últimas Postagens

Doria terá encontro com FHC para unir PSDB na eleição em SP

July 28, 2016

O candidato do PSDB à Prefeitura de São Paulo, João Doria, disse nesta quinta-feira (28) que vai se encontrar com o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso na próxima semana numa tentativa de unir o partido em torno de sua candidatura. Doria disse que procurou FHC após a convenção que oficializou seu nome para a disputa, no último domingo (24). "O presidente [FHC] tem demonstrado com muita clareza os seus sinais de unidade partidária. Ele já mencionou isso a mim depois da convenção. A mim ele já manifestou, agora vai ter oportunidade de fazer isso publicamente", afirmou. "Ele é uma referência de estruturação do PSDB, é um homem de partido", completou. Questionado sobre essa aliança entre PMDB e PSD, Doria disse que respeita todas as candidaturas e que nenhuma, em específico, causa-lhe preocupação. Durante seu discurso no evento que oficializou a entrada do PTN em sua coligação, o empresário declarou que respeita os correligionários que discordam dele. "Não faço política com o fígado." Ele disse, porém, que nenhum tucano deve fazer campanha para candidatos de outros partidos. "Entendo que eles ou silenciarão ou farão a sua campanha dentro do campo do PSDB. Não faz sentido democratas filiados e com trajetória no PSDB fazerem campanha para outro candidato fora do PSDB. Tenho convicção de que, ao se manterem no PSDB, farão campanha pelo PSDB ou deixarão de fazer campanha." Fonte (abre em nova janela) | read more

Dalirio quer que Código Florestal Brasileiro tenha nome de Luiz Henrique da Silveira

July 28, 2016

Foto: Gerdan Wesley Brasília – O novo Código Florestal Brasileiro poderá receber o nome do senador Luiz Henrique da Silveira. A Comissão de Educação, Cultura e Esporte (CE) deve votar em agosto o projeto (PLS 01/2016) que muda o nome da Lei 12.651 de 2012. A intenção é homenagear o político que faleceu em 10 de maio de 2015, e participou de forma ativa nas discussões em defesa do meio ambiente. Se aprovado, o Código Florestal passa se chamar Código Florestal Luiz Henrique da Silveira. A proposta do senador Dalirio Beber (PSDB-SC) destaca a trajetória política e a relevância de Luiz Henrique nas discussões sobre leis de proteção ao meio ambiente. “Luiz Henrique lutou muito para sensibilizar o governo para o drama dos pequenos camponeses, e foi além do benefício que o Código Ambiental de Santa Catarina concedia aos pequenos agricultores, sobretudo os agricultores familiares. O resultado final uniu visão ambiental e sensibilidade social”, disse o senador em sua justificativa.O relator do projeto é o senador Dário Berger (PMDB-SC). *Da assessoria do senador Dalirio Beber Fonte (abre em nova janela) | read more

“Mais fácil nascer dente em galinha do que Dilma voltar”, diz Ricardo Ferraço

July 28, 2016

Foto: Gerdan Wesley Em entrevista exclusiva ao Jornal da Manhã, da rádio Jovem Pan, o senador Ricardo Ferraço (PSDB-ES) declarou que “é mais fácil nascer dente em galinha do que Dilma retomar seu posto de presidente”. Para o peemedebista, o processo no Senado caminha para o afastamento definitivo da petista. Nesta quinta-feira (28), termina o prazo para que a presidente afastada entregue os documentos com as alegações finais do processo na Comissão Especial do Impeachment. A defesa tem até às 18h30 para a apresentação da documentação. Com o adiamento do prazo concedido nesta terça (o prazo anterior terminaria nesta quarta-feira), a jurista Janaina Paschoal disse à Jovem Pan que a relatoria compensaria esse dia no final do processo. Ferraço destacou que o “ideal” era que o imbróglio já tivesse sido resolvido. “Os fatos são robustos, evidentes. Essa verdade não fala, ela grita. Os crimes cometidos pela presidente Dilma, pelo seu Governo, com dolo, as denúncias se sucedem dia a dia. De novo ela fala que não sabe, que nunca viu. Uma mentirada atrás da outra. O ideal era que já tivéssemos resolvido isso”, disse. A expectativa agora é que a votação do relatório ocorra no início de agosto, no dia 04. “Minha expectativa é que na terça, dia 02, o relator [Antonio Anastasia] apresente o relatório. Dia 04 votamos na comissão o afastamento definitivo, não apenas de Dilma, mas de toda a tropa que constituiu, ao seu lado, para violentar e mergulhar nosso País em uma cri | read more

Laudo da PF indica que Lula orientou reformas de R$ 1,2 mi em sítio

July 28, 2016

FLÁVIO FERREIRA E BELA MEGALE - FOLHA.COM Um laudo produzido pelo setor de perícia da Polícia Federal aponta indícios de que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e a mulher dele Marisa Letícia e orientaram reformas feitas no sítio em Atibaia (SP)frequentado pela família do petista. Segundo os peritos da PF, as obras na propriedade rural começaram a ser projetadas em setembro de 2010 e tiveram início em novembro de 2010, quando Lula ainda exercia o seu segundo mandato na Presidência da República. Os trabalhos no sítio prosseguiram até outubro de 2014 e custaram ao todo R$ 1,2 milhão, de acordo com a avaliação da perícia da PF. Área da piscina do sítio em Atibaia Ao analisar a instalação de equipamentos de cozinha no sítio, o laudo aponta que a "execução foi coordenada por arquiteto da empreiteira OAS, Sr. Paulo Gordilho, com conhecimento do presidente da OAS, Léo Pinheiro, e com orientação do ex-presidente Lula e sua esposa, conforme identificado nas comunicações do arquiteto da empreiteira e de Fernando Bittar". Como Folha noticiou em março, Bittar, um dos donos do sítio, afirmou à força-tarefa da Operação Lava Jato que Marisa coordenou parte das obras feitas na propriedade rural. Pedalinhos de cisne em lago do sítio Indagado na época sobre quem foi o autor dos pagamentos das obras, Bittar disse não saber e ressaltou que tal questão deveria ser esclarecida pela mulher de Lula. Segundo seu advogado, Bittar "primeiro fez um projeto com uma | read more

Caixa 2 de Dilma poderá levar a condenação por corrupção, dizem especialistas

July 28, 2016

Confissão de João Santana sobre verba da campanha de Dilma é comparada ao mensalão EDUARDO BRESCIANI - O GLOBO A afirmação do marqueteiro João Santana de que recebeu dinheiro no exterior pela campanha da presidente afastada, Dilma Rousseff, em 2010 poderá não ter impacto direto no âmbito eleitoral, uma vez que o primeiro mandato da presidente acabou em 2014, mas dará fôlego maior para as investigações criminais já existentes contra envolvidos. O ex-juiz Marlon Reis, do Movimento de Combate à Corrupção Eleitoral, e um ministro do Supremo Tribunal Federal, que não quis se identificar, traçaram paralelo com o mensalão. Nesse caso, os acusados diziam que os recursos ilegais eram fruto de caixa dois, mas o STF concluiu que se tratava de corrupção, por terem origem em desvio de recursos públicos, repassados fora do período eleitoral. — O que ele (Santana) declara, que as despesas da campanha foram com verbas que não tramitaram pela conta, é muito grave. E o fato de os pagamentos serem feitos depois, em vez de justificar, faz agravar a situação, pois mostra que se omitiu da Justiça durante a campanha. Isso tem total similaridade com o caso do mensalão. Ali se abriu um precedente que torna possível uma conclusão bastante severa para esse tipo de prática no aspecto criminal — afirmou Reis. — O que tem de se saber é a origem do dinheiro. Se, de fato, confirma-se que foi de propina, é óbvio que é corrupção. Quem praticou a corrupção vai ter que ser verificado no proce | read more

PT não explica pagamento a empresa de assessor de ex-ministro de Dilma

July 28, 2016

Em nota, partido se limita a negarirregularidades em contratação que será analisada pelo STF EDUARDO BRESCIANI - O GLOBO Dilma, Edinho Silva e Lula O PT divulgou uma nota nesta quarta-feira sobre o encaminhamento ao Supremo Tribunal Federal (STF) de informações de um empresa contratada pela campanha da presidente afastada Dilma Rousseff em 2014 sem qualquer explicação sobre como os recursos foram parar em outra empresa, que era de propriedade de um assessor do ex-ministro e tesoureiro da campanha, Edinho Silva. A suspeita é sobre a DCO Informática, Comério & Serviços, que alega ter subcontratado a 2K Comunicações para o envio de mensagens pelo WhatsApp. A 2K era de propriedade de Keffin Gracher, que assessora Edinho desde que ele era deputado estadual. O presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Gilmar Mendes, encaminhou informações ao Supremo pelo fato de a DCO ter recebido R$ 4,8 milhões da campanha para enviar mensagens pelo WhatsApp mas não ter estrutura para tal. A empresa dispunha apenas de um notebook, um servidor e três funcionários não registrados. A DCO alegou ao TSE ter desenvolvido o software para o disparo das mensagens e ter subcontratado a empresa de Keffin para fazer os envios e gerar os relatórios de acordo com a base de dados fornecida pelo PT. Fonte (abre em nova janela) | read more

Agenda do governador Geraldo Alckmin 27/07 - Ilha Solteira e Adamantina - SP

July 27, 2016

AGENDA DO GOVERNADOR O governador Geraldo Alckmin inaugura, nesta quinta-feira, 28, o Fórum e o Monumento à Geração de Energia, na estância turística do município de Ilha Solteira. Ás 14 horas, inaugura o packing house para os produtores rurais de Adamantina. Na oportunidade, em homenagem ao dia do Agricultor, Alckmin entrega um trator pela Coordenadoria de Assistência Técnica Integral (Cati) para o município. Evento: Inauguração do Fórum de Ilha Solteira e do Monumento à Geração de Energia Data: Quinta-feira, 28 de julho de 2016 Horário: 10h Local: Av. Brasil Norte, s/nº - Centro - Ilha Solteira - SP Evento: Inauguração de Packing house para produtores de Adamantina Data: Quinta-feira, 28 de julho de 2016 Horário: 14h Local: Associação Passiflora de Produtores Rurais de Adamantina e Região - Av. Brasil, s/n - Bairro Tucuruvi - Adamantina - SP Fonte (abre em nova janela) | read more

Justiça extingue ação civil pública sobre a reorganização escolar

July 27, 2016

No despacho, a magistrada informou que a solicitação não tem amparo legal A juíza Carmen Cristina Fernandez Teijeiro e Oliveira, da 5ª Vara da Fazenda Pública de São Paulo, julgou improcedente a ação civil pública proposta pelo Ministério Público Estadual e pela Defensoria Pública contra o Governo do Estado de São Paulo em razão da proposta de reorganização escolar. Ambos acusavam o Estado de promover uma reestruturação do ensino público sem prévia discussão com os envolvidos e interessados. Na decisão, a magistrada destacou que compete ao Executivo a prática de atos administrativos, nos quais não é dado ao Poder Judiciário intervir, salvo em raras exceções sob pena de violação ao Princípio da Separação dos Poderes. “Ao governar, o administrador traça rumos e toma decisões de acordo com critérios que lhe são exclusivos, porquanto considera-se que, ao ser eleito para chefiar o Poder Executivo, a população concordou – ou deveria ter concordado – com o seu programa de governo, no qual ele apresentou sua plataforma e, consequentemente, suas ideias e projetos.” Por fim, a juíza Carmen Cristina conclui que “condicionar a realização/execução de um programa educacional gestado pela administração pública à concordância, no que tange ao seu mérito, de pais, professores, e conselhos de educação, além de não contar com amparo da legislação, inegavelmente viola os poderes conferidos ao Governador do Estado pelo mandato eletivo”. Fonte (abre em nova janela) | read more

"Tirando o dela da reta": Dilma culpa PT por de caixa dois de sua campanha

July 27, 2016

Presidente afastada comentou as alegações feitas pelo publicitário ao juiz Sergio Moro, de que recebeu US$ 4,5 milhões de caixa dois de sua campanha Veja   Depois de dizer que não autorizou repasse de dinheiro sujo ao marqueteiro João Santana, a presidente afastada Dilma Rousseff culpou diretamente o PT nesta quarta-feira pelo pagamento de caixa dois ao responsável pelas campanhas que a levaram ao Planalto por duas vezes. Em depoimento ao juiz federal Sergio Moro, o casal João Santana e Mônica Moura admitiu que dinheiro desviado dos cofres da Petrobras pagou dívidas de campanha de Dilma. “Se ele recebeu 4,5 milhões de dólares, não foi da organização da minha campanha, porque ele diz que recebeu isso em 2013. A campanha começa em 2010 e, até o fim do ano, antes da diplomação, ela é encerrada. Tudo que ficou pendente sobre pagamentos da campanha passa a ser responsabilidade do partido. Minha campanha não tem a menor responsabilidade sobre em que condições pagou-se dívida remanescente da campanha de 2010. Não é a mim que você tem de perguntar isso. Ele [João Santana] tratou essa questão com a tesouraria do PT”, afirmou Dilma, na manhã desta quarta-feira, em entrevista à Rádio Educadora, de Uberlândia (MG). Ainda que nos bastidores já admita que não tem chance de barrar a aprovação do impeachment no Senado, como mostrou reportagem de VEJA, Dilma afirmou que está disposta a “lutar até o fim”. “Eu não estou cansada”, disse. A presidente afastada disse não ser ver | read more

TSE envia ao STF dados de empresa que atuou na campanha de Dilma

July 27, 2016

MÁRCIO FALCÃO - FOLHA.COM O presidente do TSE (Tribunal Superior Eleitoral), Gilmar Mendes, decidiu enviar ao STF (Supremo Tribunal Federal) indícios de irregularidades contra mais uma empresa que prestou serviços para a campanha à reeleição da presidente afastada Dilma Rousseff em 2014. Os dados tratam da DCO Informática, empresa que foi contratada para enviar mensagens para celulares durante a campanha, que recebeu quatro repasses do comitê da petista que totalizam R$ 4,8 milhões. A suspeita é de lavagem de dinheiro. Isso porque a DCO não tem identificação na fachada, tem um computador e três funcionários que não são registrados. A empresa foi contratada para enviar mensagens da campanha por um aplicativo de conversa instantânea, cobrando por cada entre R$ 0,06 e R$ 0,16, tendo subcontratado outra empresa. As informações foram levantadas pela Secretaria Municipal de Finanças de Uberlândia (MG), que abriu investigação a pedido de Mendes, que é relator das contas de Dilma no TSE. Em fevereiro de 2015, o ministro já havia pedido que órgãos de controle fiscalizasse a DCO e mais seis empresas por suspeitas de irregularidades. As contas da campanha à reeleição de Dilma foram aprovadas em 2014, mas Gilmar determinou na ocasião que as autoridades continuassem investigando suspeitas de ilícito. O ministro enviou ao Ministério Público e a PF pedidos de apuração de possíveis irregularidades na campanha à reeleição da presidente. A PF abriu inquérito para anal | read more

Vídeo: Maria Lydia entrevista o governador Geraldo Alckmin

July 27, 2016

BEM VINDO O Blog do Welbi é um clipping diário das principais notícias de política; opinião; dicas de cultura, diversão; charges; vídeos e muito mais.Deixe sua opinião: comente, critique, elogie, envie sua colaboração."Saudações a quem tem coragem"Welbi Maia Fonte (abre em nova janela) | read more

Lula é o vizinho menos desejado e Geraldo Alckmin tem baixa rejeição entre presidenciáveis

July 27, 2016

Para 43,9% dos entrevistados, não seria boa ideia ter o ex-presidente na casa ao lado. Na sequência, vêm Aécio Neves, Jair Bolsonaro, Marina Silva e José Serra. Sondagem do Instituto Paraná Pesquisas reflete a rejeição ao petista e aos demais possíveis candidatos em 2018 GUILHERME WALTENBERG - METRÓPOLES As menções recorrentes ao nome do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) nas investigações da Operação Lava Jato surtiram um efeito curioso na proximidade que os brasileiros gostariam de manter com o ex-mandatário da República. Um levantamento do Instituto Paraná Pesquisas revelou nesta terça-feira (26/7) que, entre os possíveis presidenciáveis de 2018, Lula é aquele que as pessoas menos gostariam de ter como vizinho. Ao todo, 43,9% dos entrevistados não gostariam de ter o petista morando na casa ao lado. Na sequência aparecem Aécio Neves (PSDB), com 17,4%; Jair Bolsonaro (PSC), 11,3%; Marina Silva (Rede), 5,4%; José Serra (PSDB), 4,3%; Geraldo Alckmin (PSDB), 3,7%; Ciro Gomes (PDT), 2,7%; e Alvaro Dias (PV), 1,1%. A desconfiança com relação ao petista é ainda maior quando ele é colocado em uma cena na qual um objeto sumiu misteriosamente. Dos entrevistados, 46,7% afirmaram que, se estivessem em uma festa e algo de valor sumisse, Lula seria o principal suspeito entre os presentes. Aécio aparece em um nada lisonjeiro segundo lugar, com 16,9%; seguido por Jair Bolsonaro (5,8%), José Serra (4,8%), Geraldo Alckmin (4,1%), Ciro Gomes (3%), Marina Silva (2,7%) | read more

Juiz Sergio Moro irá ao Congresso no mesmo dia em que comissão votará impeachment

July 27, 2016

MARIANA HAUBERT - FOLHA.COM O juiz Sergio Moro, responsável pelas ações da Operação Lava Jato, participará de uma audiência pública na comissão especial de combate à corrupção da Câmara em 4 de agosto, mesmo dia em que a comissão especial do impeachment no Senado votará a saída definitiva da presidente afastada, Dilma Rousseff. Já o coordenador dos procuradores que atuam na força-tarefa da Operação Lava Jato, Deltan Dallagnol, deverá comparecer à comissão especial da Câmara em 9 de agosto, mesmo dia em que está marcada a votação prévia do impeachment no plenário do Senado. De acordo com o deputado Onyx Lorenzoni (DEM-PR), relator na comissão de combate à corrupção, a coincidência de datas não é proposital. "Uma coisa é uma coisa e outra coisa é outra coisa. Não tem nada a ver", disse. Moro é acusado por petistas de ter inflado os ânimos políticos a favor do processo de impeachment na condução das investigações sobre desvios de recursos públicos para pagamentos de propinas envolvendo a Petrobras. Um dos principais fatos que o levaram a ser criticado foi quando ele incluiu em um inquérito que veio a público uma conversa telefônica entre o ex-presidente Lula e a presidente Dilma Rousseff, na qual ela disse que encaminharia a ele o "termo de posse" de ministro da Casa Civil. A presidente então disse que o termo só deveria ser usado em "caso de necessidade". Os investigadores da Lava Jato interpretaram o diálogo como uma tentativa de Dilma de evitar uma eventu | read more

PF indicia Paulo Bernardo e ex-tesoureiros do PT

July 27, 2016

WÁLTER NUNES - FOLHA.COM O ex-ministro do Planejamento Paulo Bernardo foi indiciado nesta terça-feira (26), pela Polícia Federal (PF), por corrupção passiva e participação em organização criminosa no âmbito da Operação Custo Brasil, desdobramento da Operação Lava Jato que investiga desvio de dinheiro de contratos de crédito consignado oferecido a servidores públicos. Os ex-tesoureiros do PT Paulo Ferreira e João Vaccari Neto estão indiciados pelos crimes de organização criminosa e tráfico de influência. Vaccari também é acusado de lavagem de dinheiro. Eles teriam participado de um esquema que desviou mais de R$ 100 milhões entre 2010 e 2015. O relatório da PF foi enviado para a Justiça Federal na última sexta-feira (22) e segue para o Ministério Público Federal, que vai decidir se denuncia ou não os indiciados. No dia 23 de junho, Paulo Bernardo foi preso acusado de receber R$ 7,1 milhões em propina da Consist, empresa proprietária do software que gerenciava o crédito consignado e é considerada pela PF como a pivô do esquema. O ex-ministro da Previdência Social Carlos Gabas não foi indiciado. Segundo os policiais, as investigações sobre a participação dele devem ser aprofundadas. Paulo Bernardo, Paulo Ferreira e Carlos Gabas estão com os bens bloqueados por ordem do juiz Paulo Bueno de Azevedo, da sexta vara da Justiça Federal. Segundo a decisão, Ferreira pode ter bloqueado até R$ 755 mil e o no caso do ex-ministro o valor pode chegar a R$ 102 milhões. A co | read more

Agenda do governador Geraldo Alckmin 27/07 - Porto Alegre - RS

July 27, 2016

AGENDA DO GOVERNADOR O governador Geraldo Alckmin participa, nesta quarta-feira, 27, em Porto Alegre, da cerimônia de início dos testes em humanos da primeira vacina brasileira contra a dengue, desenvolvida pelo Instituto Butantan, órgão da Secretaria de Estado da Saúde de São Paulo. Cerca de mil porto alegrenses de 18 a 59 anos devem participar do estudo, que integra a terceira e última etapa de testes antes de a vacina ser submetida à aprovação da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) para que possa ser produzida em larga escala pelo Butantan. A vacinação e o acompanhamento dos voluntários acontecerão no próprio Hospital São Lucas da Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUCRS), com o apoio da Secretaria Municipal de Saúde de Porto Alegre. Evento: início dos testes em humanos da primeira vacina brasileira contra a dengue em Porto Alegre Data: Quarta-feira, 27 de julho de 2016 Horário: 10h Local: Hospital São Lucas da Pontificia Universidade Catolica do Rio Grande do Sul, HSL PUCRS -Av. Ipiranga 6681, Prédio 40 - Sala 505 - Porto Alegre/RS Fonte (abre em nova janela) | read more

Aécio pede celeridade na votação de projeto sobre governança nos fundos de pensão

July 27, 2016

Foto: Gerdan Wesley Brasília – O presidente nacional do PSDB, senador Aécio Neves, ressaltou a importância de celeridade para votação da proposta que cria novas regras para a escolha e atuação de diretores-executivos e conselheiros de fundos de pensão vinculados a entes públicos e suas empresas, fundações ou autarquias. Segundo Aécio, a expectativa é de que o Projeto de Lei Complementar (PLP) do Senado 268/2016 seja votado após o recesso parlamentar, que termina ao final desta semana. Relator da matéria, Aécio destacou que a proposta trará mais governança aos fundos de pensão das estatais e deverá pôr um fim à influência exercida por partidos políticos. “Essa proposta, da qual sou relator, poderá pôr fim à influência de partidos políticos na indicação dos dirigentes dos fundos e garantirá que, em casos de dolo – como os que foram registrados pela CPI dos Fundos de Pensão da Câmara -, os dirigentes possam assumir civilmente pelo que fizeram”, avaliou, em mensagem publicada na sua página oficial no Facebook. “Apenas com uma gestão mais transparente e profissional dos fundos de pensão, os trabalhadores, que contribuíram por anos para terem condições de vida dignas ao se aposentarem, poderão ter alguma tranquilidade e confiança no futuro”, completou Aécio. O projeto, atualmente em análise na Câmara dos Deputados, redefine o atual modelo de gestão adotado por fundos de pensão de órgãos e de empresas públicas no Brasil. O novo modelo prevê práticas de governança | read more

Dilma mais uma vez muda a versão sobre caixa dois da sua campanha de 2010

July 27, 2016

Foto: Gerdan Wesley Brasília – Mais uma vez, a presidente afastada Dilma Rousseff mudou a sua versão sobre o caixa dois que teria sido usado em sua campanha ao Palácio do Planalto, em 2010. Em entrevista à Rádio França Internacional nesta segunda-feira (25), Dilma afirmou que, como o caixa dois teria ocorrido após as eleições, ele não atingiu sua campanha. Antes, a petista alegava que nunca havia recebido dinheiro ilícito, como revela reportagem publicada nesta terça-feira (26) pelo jornal O Globo. Segundo Dilma, se houve caixa dois na campanha, a prática ilegal aconteceu sem o seu conhecimento. As afirmações da petista foram dadas um dia depois de o ex-marqueteiro do PT João Santana e da mulher dele, Mônica Moura, terem admitido a prática de caixa dois, pela primeira vez, ao juiz Sérgio Moro – responsável pelas investigações da Operação Lava Jato. Na semana passada, o ex-marqueteiro e sua esposa afirmaram que o pagamento de US$ 4,5 milhões feito pelo engenheiro Zwi Skornick foi de caixa dois da campanha presidencial, em 2010. Mônica Moura disse que o pagamento foi referente a uma dívida de campanha do PT. Segundo ela, restou um débito de quase R$ 10 milhões que não foi pago. O depoimento do casal acirrou ainda mais os ânimos entre os integrantes da comissão do Impeachment do Senado. Já no início da próxima semana será feita a leitura do parecer final do relator Antonio Anastasia (PSDB-MG) que recomenda a perda definitiva do mandato para Dilma. A votação do relatório | read more

Dalirio: Fórum parlamentar trabalha para resolver crise de abastecimento de milho em SC

July 26, 2016

Foto: Gerdan Wesley Brasília – Mesmo em recesso, o Fórum Parlamentar Catarinense, coordenado pelo senador Dalirio Beber (PSDB-SC) tem trabalhado fortemente, junto ao Ministérios da Agricultura e da Fazenda, da Secretaria de Política Agrícola do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, da Casa Civil e da Receita Federal, para resolver, ou pelo menos, amenizar, a crise na agroindústria, em função do desabastecimento do milho. “São três demandas urgentes: a isenção de PIS/Cofins, o aumento da venda de balcão e a linha de crédito para a retenção de matrizes, sendo que para essas duas últimas já obtivemos respostas positivas”, adiantou Dalirio Beber. Amanhã dever ser liberada a venda nas operações do Programa de Venda em Balcão, da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), aumentando dos atuais 6000 quilos por mês, para 14 mil quilos por mês, por CPF. A decisão sobre o aumento do limite de venda do milho em balcão deve ser tomada pelo Conselho Interministerial de Estoques Públicos de Alimentos (Ciep), formado pelos ministros da Agricultura, da Casa Civil, da Fazenda e do Desenvolvimento Social e Agrário. A resolução deve ser publicada nos próximos dias no Diário Oficial da União. Linha de crédito A linha de crédito para retenção de matrizes também foi outra demanda atendida, e aumentará de um ano para dois anos de custeio. A decisão deve ser votada no Conselho Monetário Nacional, nesta quinta-feira, dia 28. “A isenção do PIS/Cofins temporária para a importa | read more

Defesa nacional: por um país mais seguro

July 26, 2016

Por Rubens Barbosa (*) Artigo publicado no jornal O Estado de S. Paulo, em 26/07/2016 O ‘soft power’ deve estar fundado num ‘hard power’ que respalde o interesse do Brasil No momento em que a crise econômica afunda o Brasil em grave recessão e desemprego, obrigando o governo de transição a reduzir os gastos públicos de forma drástica de modo a diminuir o tremendo desequilíbrio fiscal, todos os setores da administração pública são afetados. É essa a herança dos 13 anos de governo do PT. Neste quadro conjuntural que se deve estender por alguns anos, torna-se ainda mais difícil de justificar recursos para um dos setores mais importantes para a manutenção da soberania e da segurança do País: aquele da Defesa, que detém apenas cerca de 1,5% do Orçamento Geral da União. País pacífico, cuja Constituição advoga a solução negociada dos conflitos, a única guerra com vizinhos em que o Brasil se viu envolvido foi contra o Paraguai, em 1865. Todos os conflitos de fronteiras foram resolvidos em entendimentos bilaterais ou por arbitragem. Com esse pano de fundo, não é difícil de explicar a falta de uma forte cultura de Defesa, como nos EUA, na Rússia e na Europa. Os 21 anos de autoritarismo contribuíram, por outro lado, para as restrições à renovação do equipamento militar obsoleto pelo medo, talvez, de estimular o ressurgimento do poder militar no Brasil. Hoje conhecemos os nomes do juízes da Suprema Corte, mas, ao contrário do que ocorreu entre 1964 e 1984, não sabemos quem são | read more

Nota Oficial da Casa Civil do Governo de SP sobre a prisão do ex-senador Suplicy

July 25, 2016

A Secretaria da Casa Civil lamenta que o ex-senador Eduardo Suplicy tenha aproveitado a fragilidade de famílias para tumultuar uma reintegração de posse em cumprimento a uma ordem judicial solicitada pela prefeitura de São Paulo, dona do terreno. Três reuniões prévias foram realizadas e parte das 400 famílias já havia se retirado da área. O ex-senador Eduardo Suplicy insistiu na obstrução da via mesmo após negociação. A oficial de Justiça Vilma Martins Coelho (funcionária do Tribunal de Justiça de São Paulo) deu ordem de prisão ao ex-senador, que foi encaminhado ao 75º DP para registro de boletim de ocorrência. À PM, coube cumprir a decisão judicial. Fonte (abre em nova janela) | read more

PSDB oficializa chapa com PV

July 25, 2016

Em encontro realizado neste sábado (23 de julho), o PSDB de Bauru oficializou a coligação com o PV, PPS, PR e PTN para as eleições municipais deste ano. A chapa será encabeçada pelo vereador Raul, do PV, e terá o vereador Arildo Lima Júnior (PSDB), atual presidente de Câmara, como vice-prefeito. Deputado Pedro Tobias comemora aliança com PV para eleição de outubro Para o presidente do Diretório Estadual do PSDB-SP, deputado Pedro Tobias, formalizada a aliança, agora é hora de unir o grupo e partir para o trabalho árduo que a coligação terá pela frente. “Agora é trabalhar muito, gastar a sola do sapato e levar para a população de Bauru as propostas do grupo e mostrar que é possível ter esperança de uma cidade muito melhor para todos”, afirmou. Após o encerramento da reunião que selou a dobradinha do PSDB com o PV na chapa majoritária para a eleição de outubro, as lideranças e a militância dos cinco partidos foram até o Calçadão da Batista, no centro de Bauru, para uma caminhada de aquecimento prévio para a campanha. Com o deputado Pedro Tobias, o pré-candidato a prefeito Raul e o pré-candidato a vice, Lima Júnior, à frente, o grupo andou toda a extensão do Calçadão cumprimentando e conversando com amigos e pessoas conhecidas. “Para vencermos esta batalha pela Prefeitura de Bauru, todos nós, integrantes dos partidos coligados até o momento (PSDB, PV, PPS, PR e PTN), teremos de nos esforçar muito, suar a camisa, pedir voto em cada esquina, na padaria, no açougue, nas f | read more

Alckmin inicia obras do novo Hospital Regional do Litoral Norte

July 25, 2016

Localizado no município de Caraguatatuba, a unidade contará com 186 leitos e será referência para toda a região do Litoral Norte do Estado O governador Geraldo Alckmin deu inicio nesta segunda-feira, 25 de julho, as obras do novo Hospital Regional do Litoral Norte, em Caraguatatuba. A unidade integra o programa estadual “Saúde em Ação” e terá um investimento de quase R$ 200 milhões, entre obras, equipamentos e mobiliário, viabilizados por meio de uma parceria inédita com o BID (Banco Interamericano de Desenvolvimento). “O hospital será uma referência e uma segurança para o Litoral Norte. Vai salvar muitas vidas e promover a saúde. Investimento importante para a região onde serão gerados 450 empregos durante a obra e depois de pronto, entre diretos e indiretos, serão 2.500 vagas, um setor altamente empregador”, disse o governador. O processo de licitação das obras contou com a participação de seis empresas e a proposta vencedora foi a do Consórcio CDG/Planova, com valor final de R$ 149 milhões para execução das obras. Ainda serão investidos cerca de R$ 47 milhões para compra dos equipamentos e mobiliários. O prazo previsto para conclusão da obra é 24 meses. O novo hospital prestará atendimento integral e humanizado aos pacientes em urgência e emergência, internações agudas e cirurgias eletivas, de forma regionalizada. A unidade será totalmente voltada ao atendimento gratuito dos usuários do Sistema Único de Saúde (SUS) e será referência para os municípios | read more

Governador Geraldo Alckmin inicia obras do novo Hospital Regional do Litoral Norte

July 25, 2016

Localizado no município de Caraguatatuba, a unidade contará com 186 leitos e será referência para toda a região do Litoral Norte do Estado O governador Geraldo Alckmin deu inicio nesta segunda-feira, 25 de julho, as obras do novo Hospital Regional do Litoral Norte, em Caraguatatuba. A unidade integra o programa estadual “Saúde em Ação” e terá um investimento de quase R$ 200 milhões, entre obras, equipamentos e mobiliário, viabilizados por meio de uma parceria inédita com o BID (Banco Interamericano de Desenvolvimento). “O hospital será uma referência e uma segurança para o Litoral Norte. Vai salvar muitas vidas e promover a saúde. Investimento importante para a região onde serão gerados 450 empregos durante a obra e depois de pronto, entre diretos e indiretos, serão 2.500 vagas, um setor altamente empregador”, disse o governador. O processo de licitação das obras contou com a participação de seis empresas e a proposta vencedora foi a do Consórcio CDG/Planova, com valor final de R$ 149 milhões para execução das obras. Ainda serão investidos cerca de R$ 47 milhões para compra dos equipamentos e mobiliários. O prazo previsto para conclusão da obra é 24 meses. O novo hospital prestará atendimento integral e humanizado aos pacientes em urgência e emergência, internações agudas e cirurgias eletivas, de forma regionalizada. A unidade será totalmente voltada ao atendimento gratuito dos usuários do Sistema Único de Saúde (SUS) e será referência para os municípios de Ca | read more

PSDB oficializa a candidatura de João Doria à Prefeitura de SP

July 25, 2016

G1 São Paulo A convenção municipal do PSDB em São Paulo confirmou neste domingo (23) o nome do empresário João Doria para a disputa ao cargo de prefeito da capital em outubro. Seu vice será o deputado federal Bruno Covas (PSDB). Doria foi apontado como o nome do partido para as eleições deste ano após vencer as prévias do partido. Ele foi o primeiro colocado no primeiro turno. No segundo turno, venceu sendo o único candidato. O evento foi realizado na sede da Fecomercio, na região central de São Pauo, onde ocorreram ainda convenções de partidos como o PSB e o DEM, que já anunciaram apoio a Doria. Estiveram presentes o governador Geraldo Alckmin, principal patrocinador político de Doria, do ministro da Justiça, Alexandre de Moraes, do ministro das Cidades, Bruno Araújo, do senador Aloysio Nunes, Antonio Imbassahy (BA), líder do PSDB na Câmara dos Deputados, e do governador Marconi Perillo (GO). João Dória destacou a força de sua candidatura: "Vamos unir cada vez mais. Quem une 11 partidos ao seu lado tem a capacidade de agregar valores em seu próprio partido", disse. A coligação de Doria é fornada por oito partidos. Além de PSDB, PSB e DEM, também fazem parte da coligação PTC, PMB, PHS, PV, PPS, PP, PRP e PTdoB. O presidente nacional do PSDB, senador Aécio Neves, ausente, mandou um vídeo de apoio à Dória e pediu unidade ao partido. Ele afirmou que a expectativa para a campanha é "muito boa" e que se trata da maior aliança partidária já construída | read more

Indicadores econômicos trazem algum alento

July 25, 2016

Por Aécio Neves (*) Artigo publicado no jornal Folha de S.Paulo, em 25/07/2016 Ainda não dá para comemorar, mas pelo menos já é possível ter um pouco mais de esperança na lenta e difícil recuperação econômica do Brasil. Após dois anos engolfado pela crônica má gestão e adernado em contradições, descrédito e desconfiança, o país consegue, pela primeira vez nesse tempo, estabilizar a curva abissal da crise, que soma recessão profunda, desemprego crescente e inflação alta. Se ainda é muito cedo para se pensar em um início de reversão, é hora de saudar os primeiros indicadores de recuperação da confiança. É evidente que, mesmo sofrendo os tradicionais efeitos da transitoriedade, o governo Temer tem responsabilidade nesta mudança de humor e de expectativa. Ninguém questiona os acertos da escolha da equipe liderada por Henrique Meirelles e os esforços para colocar em ordem os fundamentos da economia. Instituições importantes como a Fundação Getúlio Vargas, entre outras, atestam simultaneamente os sintomas de algum alento no horizonte do curto prazo. O primeiro deles e o mais importante é um recuo menor do PIB do ano, que deve fechar com uma retração de 3,5% e não mais de 4% como havia previsto antes. Já nas contas do governo, a retração seria ainda menor, de 3,1%. O melhor, no entanto, é a projeção de que podemos voltar a crescer algo em torno de 1,5% já no ano que vem, segundo os dados do Instituto Internacional de Finanças, que reúne os 500 maiores bancos do mundo e aco | read more

Violência e barbárie: o terrorismo contemporâneo

July 25, 2016

Por Marcus Pestana (*) Artigo publicado no jornal O Tempo, em 25/07/2016 Aproximam-se as Olimpíadas do Rio de Janeiro. De forma dissimulada, explícita ou contida, uma dúvida carregada de medo povoa a cabeça de muitos: haverá atentados terroristas? Esse é um tema sensível e deve ser abordado com prudência e equilíbrio. É evidente que as forças de segurança e os serviços de inteligência estão atentos, monitorando a situação. Além disso, o Brasil é um país distante dos grandes conflitos internacionais. Por outro lado, a ação terrorista busca, acima de tudo, ampla publicidade como instrumento de propaganda ideológica. E a mídia internacional estará toda concentrada aqui. Seria tapar o sol com a peneira negar os temores crescentes na comunidade internacional diante da ousadia e truculência dos atos terroristas patrocinados pelo Estado Islâmico. É quase incompreensível para uma pessoa normal o comportamento e as motivações de terroristas frios e assassinos. Como lidar com “lobos solitários” que surgem repentinamente das sombras, movidos pelo ódio e pela irracionalidade, alimentados por valores religiosos mal-alinhavados a destilar sua lógica maniqueísta contra alvos inocentes e indefesos? Quem pode entender e perdoar fanáticos que se apossam de aeronaves e as projetam sobre torres gêmeas? Como assimilar a atitude daqueles que invadem uma boate ou um jornal parisiense e cospem rajadas matando jovens e jornalistas? Como banalizar as dezenas de explosões em shoppings e aerop | read more

"Indicadores econômicos trazem algum alento", artigo de Aécio Neves

July 25, 2016

Folha de S.Paulo Ainda não dá para comemorar, mas pelo menos já é possível ter um pouco mais de esperança na lenta e difícil recuperação econômica do Brasil. Após dois anos engolfado pela crônica má gestão e adernado em contradições, descrédito e desconfiança, o país consegue, pela primeira vez nesse tempo, estabilizar a curva abissal da crise, que soma recessão profunda, desemprego crescente e inflação alta. Se ainda é muito cedo para se pensar em um início de reversão, é hora de saudar os primeiros indicadores de recuperação da confiança. É evidente que, mesmo sofrendo os tradicionais efeitos da transitoriedade, o governo Temer tem responsabilidade nesta mudança de humor e de expectativa. Ninguém questiona os acertos da escolha da equipe liderada por Henrique Meirelles e os esforços para colocar em ordem os fundamentos da economia. Myke Sena/FramePhoto/Folhapress  Ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, e o presidente interino, Michel Temer, conversam no Planalto  Instituições importantes como a Fundação Getúlio Vargas, entre outras, atestam simultaneamente os sintomas de algum alento no horizonte do curto prazo. O primeiro deles e o mais importante é um recuo menor do PIB do ano, que deve fechar com uma retração de 3,5% e não mais de 4% como havia previsto antes. Já nas contas do governo, a retração seria ainda menor, de 3,1%. O melhor, no entanto, é a projeção de que podemos voltar a crescer algo em torno de 1,5% já no ano que vem, segundo os da | read more

Aécio: já é possível ter um pouco mais de esperança na recuperação econômica do Brasil

July 25, 2016

Foto: Gerdan Wesley “Indicadores econômicos trazem algum alento”, por Aécio Neves Ainda não dá para comemorar, mas pelo menos já é possível ter um pouco mais de esperança na lenta e difícil recuperação econômica do Brasil. Após dois anos engolfado pela crônica má gestão e adernado em contradições, descrédito e desconfiança, o país consegue, pela primeira vez nesse tempo, estabilizar a curva abissal da crise, que soma recessão profunda, desemprego crescente e inflação alta. Se ainda é muito cedo para se pensar em um início de reversão, é hora de saudar os primeiros indicadores de recuperação da confiança. É evidente que, mesmo sofrendo os tradicionais efeitos da transitoriedade, o governo Temer tem responsabilidade nesta mudança de humor e de expectativa. Ninguém questiona os acertos da escolha da equipe liderada por Henrique Meirelles e os esforços para colocar em ordem os fundamentos da economia. Instituições importantes como a Fundação Getúlio Vargas, entre outras, atestam simultaneamente os sintomas de algum alento no horizonte do curto prazo. O primeiro deles e o mais importante é um recuo menor do PIB do ano, que deve fechar com uma retração de 3,5% e não mais de 4% como havia previsto antes. Já nas contas do governo, a retração seria ainda menor, de 3,1%. O melhor, no entanto, é a projeção de que podemos voltar a crescer algo em torno de 1,5% já no ano que vem, segundo os dados do Instituto Internacional de Finanças, que reúne os 500 maiores bancos do mundo e a | read more

João Doria e Bruno Covas disputarão Prefeitura de SP pelo PSDB

July 25, 2016

O diretório municipal do PSDB oficializou hoje a escolha dos nomes do empresário João Doria Júnior e do deputado federal Bruno Covas como candidatos a prefeito e a vice-prefeito nas eleições municipais deste ano. O evento, realizado na sede da Federação do Comércio de São Paulo neste domingo, atraiu mais de 2000 pessoas, entre as quais os 838 delegados que referendaram o resultado das prévias partidárias e confirmaram a candidatura de Doria e Covas à prefeitura. Esse número representa o recorde de comparecimento de delegados a uma convenção municipal desde a criação do partido. Outras seis agremiações, do total das 11 que apoiam a chapa do PSDB e integram a coligação Acelera São Paulo, também realizaram suas convenções neste domingo. “É a maior aliança partidária da história de São Paulo e tem tudo para vencer”, disse o candidato ao final do evento. Dos 838 delegados votantes, um total de 819 disse sim ao nome do empresário. O candidato a vice prefeito, Bruno Covas, recebeu o apoio de 830 convencionais. O evento contou com a presença do governador de São Paulo, Geraldo Alckimin, e de lideranças expressivas do PSDB e dos partidos coligados. Marconi Perillo, de Goiás, falou em nome dos governadores tucanos. O senador Aloysio Nunes, de São Paulo, o deputado federal Carlos Sampaio e o líder do PSDB na Câmara dos Deputados Antônio Imbassahy reafirmaram o apoio aos candidatos. O senador Aécio Neves, presidente nacional do PSDB, que está em viagem ao exterior, gravou um vídeo de | read more

Amantini será candidato à reeleição em Itapuí

July 25, 2016

O prefeito de Itapuí, José Eduardo Amantini, e seu vice, Guido Lanza, representarão o PSDB nas eleições de outubro, quando disputarão a reeleição. A chapa foi homologada em convenção neste domingo e terá o apoio do PRB e do PC do B Seguindo o mesmo principio da eleição de 2012, quando a coligação foi batizada “Itapuí em primeiro lugar”,  a nova coligação passa a chamar “O povo em primeiro lugar”. Amantini, emocionado com o inicio de mais um campanha, explicou a pequena mudança no nome. “Depois de trabalharmos arduamente para recuperar a prefeitura e de avançar significativamente nas mais diversas áreas como saúde, educação, transporte e principalmente o financeiro, vamos agora focar em novas conquistas que melhorem ainda mais a qualidade de vida da população”, destacou o prefeito. A primeira convenção realizada em Itapuí contou com imenso apoio tanto dos filiados dos partidos, que de maneira unânime, votaram por Amantini e Guido como pré-candidatos, como da população, que também compareceu à Câmara para prestigiá-los. Também ficou definido que nas eleições proporcionais de vereadores, o PC do B irá coligar com o PRB, com 9 candidatos e o PSDB sairá como partido único, com 14 candidatos. A presidente do PSDB e do Fundo Social de Solidariedade, primeira-dama Solange Rota Amantini, abriu os discursos convocando a todos para, juntos, fazerem uma campanha honesta e combativa contra a corrupção. “Estamos novamente entrando nessa batalha e nosso objetivo é que | read more

Franca vai de Sidnei Rocha na disputa pela Prefeitura

July 25, 2016

Com a participação do deputado estadual Roberto Engler (PSDB), o PSDB de Franca realizou, na manhã de ontem (24), sua convenção partidária e oficializou o nome de Sidnei Rocha como o candidato a prefeito pelo partido nas eleições deste ano. O evento, ocorrido na Câmara Municipal, ratificou também o nome da vereadora Valéria Marson (PSD) como candidata a vice-prefeita. Com o plenário da Câmara Municipal de Franca lotado, a convenção foi marcada por disposição e otimismo. A principal mensagem deixada pelos discursos registrados foi a da busca por resultados e a da necessidade de união em prol do município. “Eu senti que a cidade estava precisando de mim, precisando de mais diálogo e entendimento. Porque o prefeito precisa ouvir todo mundo e tinha muita gente reclamando disso. Um bom prefeito tem que saber que ele não é Deus e não pode pensar que é”, disse Sidnei Rocha, que já foi prefeito de Franca por três vezes, além de vereador por seis anos. “Não sou um homem de promessas, mas de ações e ideias. (…) Com a ajuda e o empenho de todos, podemos ir além. É o que eu quero para minha Franca”, completou. Valéria Marson falou sobre o anseio por efeitos concretos do trabalho político na vida das pessoas. “A população quer resultados e realizações. Tenho certeza de que podemos, juntos, com a ajuda do povo, colocar a cidade no caminho certo de novo”, afirmou. O deputado Roberto Engler incentivou os filiados a arregaçar as mangas e se esforçarem pelo sucesso do | read more

Copom sugere que formação de expectativas voltou a ter papel central

July 24, 2016

Por Samuel Pessôa (*) Artigo publicado no jornal Folha de S.Paulo, em 24/07/2016 Na semana passada, houve a primeira reunião do Copom (Comitê de Política Monetária) do Banco Central após a troca de guarda na presidência da instituição, de Alexandre Tombini por Ilan Goldfajn. Depois da reunião, na quarta-feira (20) às 18h, a assessoria de imprensa do BC divulgou o comunicado com a decisão. O comunicado, bem mais longo do que normalmente, estabeleceu os parâmetros que pautarão a política monetária do BC liderado por Goldfajn. Reconhece que há sinais de estabilização da atividade com elevado nível de ociosidade e nota a enorme incerteza em relação ao cenário de recuperação da economia internacional. Em seguida, em dois parágrafos, trata dos elementos-chave para a tomada de decisão de política monetária. Primeiro, lembra que as expectativas inflacionárias dadas pela pesquisa Focus, conduzida pelo BC com agentes do mercado financeiro, indicam que a inflação esperada para 2017 encontra-se acima da meta. Segundo, que os modelos de inflação, quando rodados no cenário esperado pelo mercado para câmbio e juros, também indicam inflação acima da meta. O comunicado termina apresentando os fatores que podem pressionar a inflação para mais e para menos nos próximos meses. Pesando tudo, o Copom decidiu pela manutenção da taxa Selic em 14,25% ao ano. O tom do comunicado sugere que a formação de expectativas voltou a ter papel central na formulação da política monetária. Parece que u | read more

Nota 277 – Enchentes na China

July 24, 2016

O governo brasileiro transmite sua solidariedade ao governo e ao povo da China diante da tragédia ocasionada pelas enchentes ocorridas na última semana, que provocaram centenas de vítimas, entre mortos e desaparecidos, deixaram milhares de desabrigados e geraram pesados danos materiais em diversas regiões do país, em particular nas províncias de Hubei e Henan. O governo brasileiro espera que as populações deslocadas possam retornar às suas casas no mais breve prazo e que os trabalhos de reconstrução permitam a rápida retomada das atividades normais nas áreas atingidas. Fonte (abre em nova janela) | read more

Nota 276 – Atentados no Iraque

July 24, 2016

O governo brasileiro tomou conhecimento, com consternação, dos atentados perpetrados hoje em áreas de grande circulação de civis na cidade de Bagdá, que deixaram cerca de 15 vítimas fatais, além de dezenas de feridos. Ao reafirmar seu mais absoluto repúdio ao terrorismo e ao recurso à violência contra civis inocentes, independentemente da motivação política, o governo brasileiro manifesta sua solidariedade ao governo e ao povo do Iraque e, em particular, às famílias das vítimas. Fonte (abre em nova janela) | read more

Nota 275 – Atentado em Cabul

July 23, 2016

O governo brasileiro recebeu com consternação a notícia de mais um atentado em Cabul, na manhã de hoje, reivindicado pelo Estado Islâmico, durante uma manifestação pacífica, e que teria feito mais de 80 mortos. O governo brasileiro condena nos termos mais veementes este ato de barbárie e expressa sua solidariedade às famílias das vítimas, ao povo e ao governo afegãos. O Brasil apoia firmemente os esforços do governo do Afeganistão no sentido de conter atos de violência sectária. Tais esforços terão reflexos importantes para a estabilidade de toda a região. Fonte (abre em nova janela) | read more